A globalização da Estupidez

Leia-se.

E leia-se.

Lá por fora, já se lhes chama “estúpidos”. Cá, parece mal. Pior é não o pensar: são estúpidos, é só.

O segundo link faz-me lembrar uma história: o Imbecil que foi meu “Orientador” de Estágio dizia-me que era necessário pôr os alunos a debater as regras da Lógica formal.

Pois.

Hoje, é orientador de mestrado em ciências da educação.

1 Comment

  1. Pois, o mesmo idiota chapado que dizia às pessoas que o problema não eram as suas aulas: eram elas mesmas. O mesmo idiota que foi convidado a abandonar a “profissão” de orientador de estágio. Era do mesmo género da minha (des)orientadora: dava erros científicos gravíssimos nas aulas, sumariava A e dava B, criticava os meus materiais e depois usava-os às escondidas nas aulas dela, e tinha a distinta lata de dizer que só ia para orientadora de estágio porque assim tinha redução de horário. Agora está a dar aulas na FLUP. Ser um calhau compensa nesta país. Desde que se façam os broches aos tipos certos…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.