Feyo Azevedo “Não podemos alimentar cursos com cinco ou seis alunos”

Sebastião Feyo Azevedo tem as metas bem delineadas. Em entrevista ao Jornal de Notícias (JN), o diretor da Faculdade de Engenharia – que toma hoje posse como 13º reitor da Universidade de Porto – mostra-se apologista de cursos online em massa (MOOC), assim como do encerramento de “cursos que não têm qualidade”.
País

Não podemos alimentar cursos com cinco ou seis alunos

Universidade do Porto

Em entrevista ao Jornal de Notícias (JN), o diretor da Faculdade de Engenharia daquele instituto defende ainda que existe um “conjunto de áreas com muito poucos alunos, que é necessário manter por uma razão estratégica”, contudo, destaca que “não podemos continuamente alimentar cursos com cinco ou seis alunos”.

“E, a nível nacional, não podemos ter medo de fechar cursos que não têm qualidade”, destaca.

A favor dos cursos online em massa (MOOC), Feyo Azevedo frisa que este terá que ser um passo dado em conjunto, talvez a nível “nacional”, e não apenas pela UPorto.

“A ameaça de educação sem fronteiras foi uma das razões políticas para que a Europa avançasse no processo de Bolonha”, explica.

Posted in: MOOC.
Last Modified: Julho 1, 2014

Leave a reply

required

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.