1 Comment

  1. Tens de compreender o ponto de vista da senhora.
    Primeiro, ela não sabe o que é desejar uma gravidez porque, provavelmente a mãe dela não desejou. E, quiçá, a senhora também não experimentou esse e outros prazeres.
    Segundo, não aceita que uma mulher grávida do seu violador aborte porque nem lhe passa pela cabeça o que seja ser violada. Compreende-se. Pela cara e atitude, nem que passasse nua num corredor repleto de presidiários, algum lhe saltaria à espinha.
    E em terceiro lugar, a senhora precisava de saber o que é ter em casa 1 criança de 10 anos violada e grávida. Provavelmente, preferiria obrigar a infeliz menor a ter o bebé, arriscando a sua vida… pela vida.
    É graças a energúmenas fundamentalistas como estas que, inequivocamente, votarei SIM.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.