O ministério da Educação, que no sábado à noite anunciou o encerramento de 311 escolas do 1.º Ciclo do Ensino Básico está a ditar o fecho, contra as regras que impôs, ultrapassando o número de alunos por turma que integram crianças com necessidades educativas especiais.

O distrito de Viseu, aquele em que fecham mais estabelecimentos de ensino, num total de 57, tem pelo menos um caso para ilustrar, no concelho de Viseu, já denunciado pelo presidente da Câmara, Almeida Henriques. O autarca, que acordou com o Ministério da Educação, encerrar cinco escolas, foi surpreendido com o fecho de mais outra: Travanca de Bodiosa. ” A escola de Oliveira de Baixo passaria a ficar com cinco alunos , dois de Travanca e três de Oliveira de Baixo, num total de 66 alunos, distribuídos por três turmas”, aponta o autarca.

 

http://www.jn.pt/PaginaInicial/Sociedade/Educacao/Interior.aspx?content_id=3992324

 

Leave a reply

required

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.