Verdades

Nasceu no Porto mas saiu aos 23 anos, recém-licenciado pela Faculdade de Economia da cidade, para agarrar uma oportunidade de emprego que na região nunca conseguiria ter. Esteve os 25 anos seguintes fora do país, a construir uma carreira de gestor, que culminou na presidência executiva da Liberty Seguros Portugal, função que agora exerce.

José António de Sousa trabalha em Lisboa e não esconde “a dor na alma” que lhe causa ver “o estado de degradação” a que chegou o Porto. Com os políticos e agentes económicos da região, não tem complacência.
“É uma mistura explosiva de alguma parolice e falta de visão empresarial com bairrismo político e futebolístico”

O Norte teria, então, a ganhar com a regionalização?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.