O SAP do Seixal fechou.

A notícia é apenas mais uma e aparentemente não conta com mais do que a nossa resignação.

Mas o que me preocupa, o que no deveria fazer pensar, é que aquela gente que às tantas da madrugada encontrou o SAP inesperadamente fechado antes da data prevista é a gente do povo. São idosos, são pobres, são desprotegidos perante o Estado, pois praticamente não têm voz.

Simultaneamente, ficamos  a saber que o Estado está a congelar os certificados de aforro daqueles  que têm dívidas ao fisco.

A impressão que fica é que os Bancos e as companhias financeiras vão acumulando recordes consecutivos de lucros (veja-se o caso dos lucros fabulosos da especulação bolsista no primeiro trimestre deste ano) enquanto que os idosos, os pobres, os desprotegidos, vão ficando cada vez mais entregues à sua sorte.

Que justiça social é esta?

One thought on “O povo

  1. Rui

    é método importado…
    já o Saddam foi executado antes da data prevista… tudo para evitar chatices tipo manifestações, coisa indigna em democracia socrática como a nossa

Leave a reply

required

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.