Palhaço rico

Chama-se Ana Paula, tem 15 anos, e recebeu um computador portátil. Está feliz com a prenda: a mãe inscreveu-a no programa e-escola, e agora tem direito a um portátil a preços mais baixos e Internet de banda larga a custos apetecíveis. A cada nome ouvido, esta quarta-feira, nas colunas montadas na escola secundária Quinta do Marquês, um aluno no palco, um computador na mão e uma salva de palmas de colegas, pais e professores.

Foram 62 os alunos e 24 os docentes que foram para casa carregando um portátil e para o primeiro-ministro isto é sinal de «modernidade no centro do sistema de ensino». Até porque neste programa integrado no Plano Tecnológico há já mais de 70 mil pessoas pré-inscritas, candidatas a computadores com acesso à Internet de banda larga. No âmbito deste plano, todos os alunos inscritos no 10º ano poderão receber um portátil com ligação à Internet, que varia consoante os rendimentos do agregado familiar. [Veja os diferentes escalões e preços].

A escolha por este liceu de Oeiras para assinalar o início do ano lectivo – apesar de na grande maioria dos estabelecimentos de ensino do país as aulas só começarem na próxima segunda-feira – vê-se nos indicadores de sucesso da escola, apontou Sócrates que, no entanto, chamou erradamente «escola Marquês de Pombal» à secundária Quinta do Marquês. Para o primeiro-ministro para aumentar os indicadores de sucesso é preciso potenciar os indicadores da sociedade de informação» e para isso a prioridade está na Internet, banda larga e computadores.

in PortugalDiário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.